Anna Carolina Jatobá, culpada pelo assassinato de Isabella Nardoni, faz revelação chocante de sua vida.

Em março de 2008, aconteceu uma das histórias mais aterrorizantes do Brasil. Uma garota chamada Isabella de Oliveira Nardoni, de apenas cinco anos de idade, foi jogada do sexto andar do Edifício London, situado na Rua Santa Leocádia, nº 138, no distrito da Vila Guilherme, em São Paulo. Após investigações da polícia e da perícia, o pai da criança, Alexandre Nardoni, e a madrasta, Anna Carolina Jatobá, foram declarados culpados do homicídio e condenados há mais de 30 anos de cadeia.

Anna Carolina Jatobá vem cumprindo sua pena no presídio de Tremembé. Atualmente, ela está esperando uma tentativa de conseguir o regime semiaberto, que consiste em trabalhar em programas sociais ou industriais durante o dia e dormir na cadeia durante a noite. Após ser interrogada por jornalistas, a acusada revelou que o tempo na cadeia fez com que ela repensasse sobre o sentido da vida. Disse também, que espera estar nas ruas para dar continuidade ao seu curso de modas e também ao desenvolvimento espiritual com pessoas necessitadas.

Anna Carolina também revelou que deseja estar perto de seus filhos o mais rápido possível, pois sente muitas saudades deles. E espera conseguir retomar sua vida com um bom emprego, e com uma residência em São Paulo ou até mesmo no litoral paulista, que é seu sonho. Ela disse também que gostaria de desenvolver o seu lado espiritual e social para que possa ajudar pessoas que passam por quaisquer tipos de dificuldades.

Apesar do bom comportamento de Anna Carolina, muitas pessoas acham que o crime que ela cometeu não tem perdão e por isso ela não tem o direito de ter uma vida normal igual aos outros cidadãos. Diante de tamanha crueldade, muitas pessoas chegaram às conclusões de que esse tipo de crime deveria ter um pena bem maior, como a pena de morte. Qual a sua opinião sobre o caso? Deixe sua resposta nos comentários.

 


LEIA TAMBÉM
loading...

Comentários

Compartilhar