Assassina de Isabela Nardoni pode ser solta, mãe da menina finalmente se pronuncia sobe o assunto

Anna Carolina Jatobá foi declarada culpada pela morte da enteada e hoje pede a justiça que cumpra sua pena em liberdade condicional

 

Em 2008 o Brasil se chocou com a história da pequena Isabela Nardoni, uma de apenas 5 anos que foi brutalmente assassinada por seu próprio pai e sua madrasta.

Isabela era filha de pais separados, e morava com a mãe, mas por determinação da justiça, passava alguns finais de semana na casa do pai. Alexandre Nardoni havia se casado novamente com Anna Carolina Jatobá, com quem teve mais dois filhos.  Era dia de visita, 29 de março de 2008, Isabela foi para casa do pai, mas aquela criança tão pequena mal poderia saber o que aconteceria com ela, um pouco mais tarde.

Num primeiro momento, o pai e madrasta disseram às autoridades e as pessoas do seu prédio que vieram socorrê-la, que Isabela havia caído da janela de seu apartamento no sexto andar do prédio. O caso foi noticiado em todos os telejornais do Brasil, e todo mundo se comoveu com a morte de uma garotinha tão pequena. Imediatamente as investigações começaram e a polícia investigativa percebeu que a história dos dois não batia. Então, eles inventaram que havia entrada uma terceira pessoa no apartamento e esta teria jogado Isabela pela janela.

Apenas de terem excelentes advogados e nunca confessarem o crime, a justiça determinou que Alexandre e Anna Carolina são os culpados  e receberam penas de quase 30 anos de reclusão.

Hoje, 9 anos após a tragédia, Anna Carolina pediu para a justiça o direito de cumprir sua pena em regime aberto, já que tem bom comportamento. E após esse pedido, a mãe de Isabela, Ana Carolina Cunha, decidiu se pronunciar.

Ana se mostrou bastante inconformada com o pedido da réu, e disse que se ela não tem o direito de abraçar sua filha novamente, porque uma assassina teria? Ana reconhece que a justiça tem essas brechas, mas se mostrou bastante preocupada com um criminosa voltando a sociedade, porque se ela foi capaz de uma atrocidade contra sua própria enteada, o que mais seria capaz de fazer contra outras pessoas?

Ana espera que a justiça seja feita e que Jatobá não receba a liberdade até o final de sua pena.

 


LEIA TAMBÉM
loading...

Comentários

Compartilhar