Criança com doença rara ultrapassa a expectativa dos médicos e vive feliz com sua família

A criança nasceu com apenas 1,3kg devido a uma rara doença de nanismo.

Uma mulher americana estava muito feliz com a notícia de que estava grávida de seu segundo filho. Ela estava bastante animada com a gravidez e desde as primeiras semanas começou a ir ao médico para que sua saúde e a do bebê fossem monitoradas de forma correta pelo doutor. Porém, logo no inicio da gestação, o médico já observava problemas de desenvolvimento para a criança, e acabou percebendo que o bebê não seria como as outras crianças.

Preocupado com a situação, o médico resolver deixar a mãe ciente da situação. No início, ela ficou um pouco abalada com a triste notícia que teve, porém, depois de algum tempo percebeu que o que realmente importava era que seu filho fosse feliz e com saúde para viver sempre ao seu lado.

Os meses se passaram e o médico conseguiu diagnosticar o problema da criança. Ela sofria de uma rara doença de nanismo, somente cem pessoas no mundo eram portadoras dessa síndrome. A mãe continuou com muita esperança, inclusive nomeou sua filha, ela se chamaria Kenadie Jourdin-Bromley.

Quando a criança nasceu, ela pesava apenas 1,3kg e entrou para a história como um dos menores recém-nascidos do mundo. Os médicos alertaram a mãe de que a criança poderia ter vários problemas ou até mesmo nem sobreviveria por muito tempo, pois devido ao seu pequeno desenvolvimento, alguma parte do cérebro ou alguns órgãos talvez não estivessem totalmente formados. A mãe continuou preocupada, porém sua fé era inabalável e ela acreditava que sua filha seria uma criança normal.

Apesar de ser incrivelmente pequena, se desenvolveu muito bem. Hoje, ela está com seus 13 anos de idade, para a surpresa de muitos médicos e especialistas ela sobreviveu e vive como uma criança normal.

A mãe da criança fez um vídeo de sua filha e emocionou o mundo. Ela resolveu mostrar o dia a dia da criança, agindo e vivendo como uma pessoa normal. Afinal, ninguém é igual ao outro, todos possuem suas características próprias e isso a torna uma pessoa especial.

 

 

Fonte: Vamos la Portugal


LEIA TAMBÉM
loading...

Comentários

Compartilhar