Mulher joga água em um mendigo enquanto ele dormia e deixa todos revoltados.

Em uma Praça de Ribeirão Preto, um mendigo dormia, quando uma mulher atira baldes de água nele e deixa todos revoltados.

Uma história, envolvendo um morador de rua e uma funcionária de banca de jornal, em Ribeirão Preto, interior de São Paulo, causou muita polêmica e gerou muitos conflitos entre os moradores da cidade.

Um mendigo estava dormindo em um Banco da praça XV de Novembro, durante uma tarde, e uma mulher o atacou com dois baldes de água, mas o motivo pelo qual ela justifica sua atitude, foi por conta de o mendigo estar tonto e ter tentado urinar em uma árvore.

Assim que os moradores de lá viram a cena, começaram a se revoltarem e confrontar a mulher. A polícia militar precisou ir até o local para acalmar a todos.

O morador de rua estava sobre o efeito de bebidas alcoólicas e passando mal, então foi levado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, o SAMU, até o pronto-socorro, enquanto a funcionária da banca foi levada até a delegacia para que se explicasse.

A operada de telemarketing, Jéssica Talita Trevisan, presenciou toda a cena, então ela diz: ” Ele tirou a calça, pois estava querendo fazer xixi e então a mulher se revoltou, pegou um balde de água e tacou nele. Mas ainda não satisfeita encheu novamente o balde e tacou de novo.”

A frentista Cláudia Costa Cerqueira que também viu a atitude da mulher estava muito revoltada e fala: “Ela poderia ter chamado o resgate ou até mesmo o Cetrem, que recolhe pessoas, e não precisava judiar. Muito desumano, era apenas um mendigo indefeso. Muito feio fazer isso com uma pessoa. Da mesma forma que ela foi capaz de jogar água, seria capaz de tacar fogo. Está muito frio e ela jogou muita água gelada nele, completamente sem coração.”

A funcionária da banca prestou esclarecimentos e acabou sendo liberada.

 

 


LEIA TAMBÉM
loading...

Comentários

Compartilhar